Como Superar o Fim de um Relacionamento

Como superar o fim de um relacionamento?

Essa é uma das perguntas mais frequentes em finais de relacionamentos.

Terminar um relacionamento, de maneira consensual, é uma situação no mínimo desconfortável (para os que tem suporte) e desesperadora (para os quem não tem!).

 

como superar o fim de um relacionamento

 

O fato é que após o fim de um relacionamento é exigido de nós reconfigurarmos a nossa vida em vários aspectos, como:

  • rotina
  • amigos
  • tempo livre
  • filhos
  • moradia

Ou seja, é necessário reconstrução externa e interna também.

É muito comum, logo após o rompimento, surgirem sentimentos como angústia, tristeza, revolta, raiva, culpa, que podem provocar níveis intensos de sofrimento.

Além disso, (como se já não fosse suficiente) somos acometidas muitas vezes de ausência de sentido da vida (isso pode ser bem problemático!).

A vida temporariamente passa a não ter muita graça, como se estivéssemos vivendo uma vida em preto e branco, sem cor, sem vida, sem energia.

Bem, a boa notícia é que todas essas sensações tem um nome, ou melhor, compõe um quadro:

O LUTO!

Sim, luto que remete a morte mesmo.

No final do relacionamento nós sofremos a morte do amor e como é triste testemunharmos a morte do amor.

A estudiosa do luto, Elizabeth Kubler-Ross identificou em suas pesquisas cinco fases de elaboração do luto e que podem te ajudar a encontrar um caminho de como superar o fim de um relacionamento:

 

como superar o fim de um relacionamento

 

Vale ressaltar que essas fases não são lineares, (não acontecem uma atrás da outra ) mas podem ser simultâneas, e ter o movimento de ir e voltar e também podem ser aplicadas ao luto do amor.

Assista também ao vídeo Porque Não Consigo Superar o Fim de um Relacionamento em que eu abordo porque muitas vezes temos imensas dificuldades em superar o fim de um relacionamento.

 

Como Superar o Fim de um Relacionamento e Seguir em Frente?

 

Negação

Talvez seja a fase mais difícil de superar no que se refere a perda do amor. Nela você não aceita a situação. Você entende o que se passa, mas tem a sensação de que não é real. É como se você estivesse vivendo uma realidade paralela, ou um sonho, e estivesse preste a acordar.

Na negação, a pessoa age como se o relacionamento não tivesse acabado, mesmo com todas as evidências contrárias.

Nesse momento é comum querer lutar pelo amor perdido (apesar das negativas do ex-parceiro).

Infelizmente, as pessoas podem ficar paralisadas muito tempo na negação, inclusive anos se ela se permitir. É nesse período também que vemos as pessoas com atitudes que comprometem sua dignidade e autoestima, na tentativa de reaver o amor (Cuidado com isso!).

Raiva

como superar o fim do relacionamento

Quando começamos a nos dar conta que a perda é verdadeira somos acometidas por um sentimento gigantesco de raiva que pode nos levar a muitas atitudes como:

  • queimar todos os objetos ganhados do ex ao longo do relacionamento (ok, isso pode ser saudável);
  • quebrar o carro do Ex com um pé de cabra (ok, isso definitivamente não é saudável!!!).

O momento da raiva é importante, mas precisa ser trabalhado de maneira positiva e a seu favor.

Tenho um vídeo chamado Raiva: A Importância de Saber Lidar com Ela nos Relacionamentos, em que eu falo sobre como a raiva pode ser uma importante aliada nesse processo.

É nesse momento que costumamos voltar para academia, dar um up no guarda-roupa e voltar a investir energia na nossa própria vida (como eu disse se for bem trabalhada! Se não for, pode ser desastroso).

Haja o que houver não canalize a raiva para si mesma.

Pessoas com esse perfil desenvolvem uma culpa patológica e uma autopunição que chega a automutilação. Convenhamos a dor já está grande o suficiente. Você não merece que ela fique pior, não é mesmo?! 3)

Barganha

Nesse momento você começa a fazer promessas (geralmente para Deus) que podem envolver desde a vontade de superar e seguir em frente quanto a vontade de reaver o amor novamente (se assim for, estamos de volta a negação);

Depressão

Ao perceber realmente (momento que a ficha cai!) que o amor não vai voltar, começamos a sentir uma profunda tristeza.

Nesse momento não sentimos vontade de fazer nada nem de conversar com ninguém.

É comum o isolamento, e comportamentos que visem amenizar o sentimento negativo:

  • tomar um pote de sorvete (ok, dependendo da quantidade pode ser saudável);
  • se entupir de ansiolíticos (não recomendo);
  • quem sabe fazer terapia? (Agora sim!).

E finalmente a aceitação.

Aceitação

O momento, quase que milagroso, que a vida volta a ter cor!!

A dor vai diminuindo até não ser mais lembrada e você já consegue ver a luz no final do túnel. UFA!!

Como superar o fim de um relacionamento

Sim, sobreviver a um término nem sempre é tarefa fácil, mas é totalmente possível.

É importante passar por todas as fases do luto.

Contudo, infelizmente algumas pessoas se veem presas em algumas dessas fases e ficam paralisadas nesse processo por anos, e algumas, por uma vida toda.

A esse processo damos o nome de luto patológico do amor.

Se você se identifica com isso, um bom profissional pode te ajudar e te mostrar como superar o fim de um relacionamento de forma saudável.

Terminar relacionamento representa um fim, mas também pode ser um excelente recomeço.

 

Como superar o fim de um relacionamento

 

Às vezes demora um pouco, mas quando restabelecemos nossa paz interior é tão maravilhoso…

A dor passa, acredite nisso! ( mas para isso, você precisa deixar de alimentá-la)

É possível reconstruir sem o outro!!

É possível reconstruir apesar do outro.
(Apesar de tudo que lhe foi feito!)

O aperto no peito some, o nó na garganta também!

O mundo volta a ter cor…

E o parceiro passa a ser só uma pessoa qualquer..

Permita-se seguir em frente…

Espero ter de ajudado um pouco nesse processo tão difícil de como superar o fim de um relacionamento.

Se permita recomeçar!

 

A SURPREENDENTE Verdade que NUNCA te Contaram Sobre o AMOR

1 Comentário

  1. Paula Virginia

    Tudo fica pior quando o outro diz q ainda te ama, que quer voltar mas nao sabe como e nem vc ( no caso eu) acho q estou paralisada a meses na fase da barganha….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *